O que é angiologia?

 

É o ramo da medicina especializado em doenças circulatórias periféricas como varizes, flebites, aneurismas e tromboses venosas.


Dependendo da ocorrência, a doença de origem circulatória é corrigida por meio de tratamentos clínicos ou cirúrgicos.

 

Uma das principais e mais comuns ocorrências são as varizes, caracterizadas por veias dilatadas, com alterações nas suas funções de transportar o sangue, cuja maior incidência se dá entre as mulheres.

 

 

 

Como funciona nosso Sistema Circulatório?

 

 

Esquema da circulação sangüínea:

 

1-Coração;

2-Circulação cerebral;

3-Circulação pulmonar;

4-Circulação hepática;

5-Circulação gástrica;

6-Baço;

7-Circulação renal;

8-Circulação intestinal;

9-Circulação nos membros inferiores

 

 

 

Vasos sangüíneos

 

Os vaso sangüíneos são as artérias e veias com seus respectivos capilares.


Artérias: sua função é levar o sangue desde o coração até os tecidos. Três capas formam suas paredes, a externa ou adventícia de tecido conjuntivo; a capa media de fibras musculares lisas, e a interna ou íntima formada por tecidos conectivos, e por dentro dela se encontra uma capa muito delgada de células que constituem o endotélio.


Veias: devolvem o sangue dos tecidos ao coração. À semelhança das artérias, suas paredes são formadas por três capas, diferenciando-se das anteriores somente por sua menor espessura, sobretudo ao diminuir a capa media. As veias têm válvulas que fazem com que o sangue circule desde a periferia rumo ao coração ou seja, que levam a circulação centrípeta.


Capilares: são vasos microscópicos situados nos tecidos, que servem de conexão entre as veias e as artérias; sua função mais importante é o intercâmbio de materiais nutritivos, gases e desperdícios entre o sangue e os tecidos. Suas paredes se compõem de uma só capa celular, o endotélio, que se prolonga com o mesmo tecido das veias e artérias em seus extremos.

 

 

 

O Sistema Venoso do Corpo Humano

 


O sistema venoso do organismo encarrega-se de transportar o sangue que retorna ao coração a partir dos capilares onde é feito o intercâmbio de gases e substâncias com os tecidos.

 

 

ampliar imagem

 

 

 

As veias dos membros inferiores

 

 

 

 

 

 

As veias dos membros inferiores formam um complexo sistema encarregado de levar o sangue de volta ao coração. Compõe-se de três sistemas: o superficial ( próximo à superfície cutânea); o profundo, formado por veias calibrosas, e o das veias comunicantes ou perfurantes, que permite o fluxo do sentido superficial para o profundo.

 

 



As veias possuem válvulas que impedem que o sangue reflua.

 

 

No esquema acima, as setas direcionadas para a direita mostram a direção da circulação do sangue. No recuo (setas direcionadas para a esquerda) as válvulas se fecham.

 

 

Funcionamento das veias dos membros inferiores

 

 

Os músculos das panturrilhas e das coxas atuam como bombas, impulsionando o sangue desde os pés, em sentido ascendente, até o coração. Nos membros inferiores, os músculos colaboram também com a drenagem do sangue desde o sistema venoso superficial até o profundo através das veias comunicantes. Quando os músculos se relaxam, o sangue não pode regressar para os pés e para o sistema superficial devido à ação das válvulas venosas, que atuam como comportas que impedem o fluxo retrógrado do sangue.

 

 


 

 

 

 

 

 

O pulso arterial é outro dos mecanismos que colaboram com o retorno venoso. O sangue circula pelas artérias seguindo o impulso das contrações cardíacas e é impulsionado pelas paredes contráteis das artérias para os capilares. A transmissão desse impulso até as veias vizinhas favorece a circulação venosa ascendente nos membros inferiores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rola para cima

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rola para baixo